3.04.2010

Eterna Idade



Um dia vais descobrir
a idade das árvores,
a idade das pedras,
a idade da terra que pisas.

Um dia vais reconhecer
que mais nada interessa,
que muitas coisas são inúteis,
que o desperdício é a tentação dos tempos.



Sem comentários: