1.30.2010

O Íntimo e o Vulgar





A vergonha que leva uma pessoa a não querer falar a ninguém das suas relações mais íntimas é uma auto-advertência do espírito; em cada confissão, em cada descrição, facilmente a distorção se insinua e o que é mais delicado e indizível transforma-se num instante em algo vulgar.

Hugo Hofmannsthal, in "Livro Dos Amigos"

Sem comentários: