6.16.2009

Dinâmica

Nada é constante,

Tudo é eterno

No ponto absorto

Do meu trono espacial.


Do meu sistema

Avisto o mundo do absurdo,

O meu universo físico…

Que é um algoritmo, um problema,

Um processo aleatório de coisas nenhuma.


Axiomas e silogismos

Nada concretos, mas verdadeiros,

Ausentes de trocas entre o sistema

E o mundo da reacção.


A objectividade não é isolada,

Quanto muito diz-se fechada

E tão favorável à compreensão.

Sem comentários: